Roda da Figueira

1001038_4379965836172_1687016761_n

III SEMANA DA CAPOEIRA DE FLORIANÓPOLIS

CONVITE

III SEMANA DA CAPOEIRA DE FLORIANÓPOLIS

 

Deverá acontecer na 1ª semana do mês de agosto, a III Semana da Capoeira de Florianópolis, com uma série de atividades relacionadas à capoeira no município. O dia da capoeira foi instituído pela Lei 8212/2010 do vereador Ricardo Vieira, e tem por finalidade promover o desenvolvimento da capoeira no município de Florianópolis, nos seus mais diversos contextos.

Para tanto, vimos através deste convida-lo e convidá-la para participar da 1ª reunião de planejamento das atividades relativas ao evento.

 

DATA: 22/06/13 – sábado

HORÁRIO: 14:oo

LOCAL: Sede do SINJUSC – Av. Mauro Ramos, 448 – Centro – Florianópolis.

 

PAUTA:

– Definição de data;

– Local das atividades;

– Programação;

 

DA COMISSÃO DE ORGANIZAÇÃO

A constituição da Comissão de Organização da III Semana de Capoeira de Florianópolis foi indicada e votada na planaria realizada na II Semana de Capoeira, no dia 03/08/2012,  e conta dos seguintes nomes: coordenação geral instrutor Xarope, vice coordenação mestre Pop, secretária instrutora Serena, auxiliares de coordenação professor Victor, instrutor Pererê, professor Madeira, professor Jimmy Wall, professor Galo, instrutor Jamanta, aluno Itamar, professor Bode, instrutor Toca e professora Jô.

Apesar da constituição desta comissão, todos estão convidados a participarem da mesma e contribuíram na organização deste evento.

Att,

Mestre Pop

Vice Coordenador da Comissão de Organização da III Semana de Capoeira – Florianópolis

Contato:

Coordenação Geral Instrutor Xarope: 9967 7767

Vice Coordenação Mestre Pop: 9997-6799

Ato por um Transporte Público de Qualidade

Grande roda de capoeira por justiça social, no dia do I Ato por um Transporte Público de qualidade em FLORIPA.

Por uma sociedade justa, com dignidade, direito à saúde, segurança, com políticas culturais reais,  contra os abusos políticos e desigualdade social. E por uma democracia plena!

DIA: 20/06  às 18:00 no TICEN (CENTRO DE FLORIANÓPOLIS)

Chamada de Mestre Pop!

969664_465678440191005_1593606127_n

Audiência Pública – Lei dos Mestres

Convite para Audiência Pública que debaterá Lei dos Mestres

A Comissão de Cultura aprovou em reunião realizada dia 24 de abril, requerimento para realização de Audiência Pública para debater o Projeto de Lei nº 1176, de 2011 de minha autoria, que “institui o Programa de Proteção e Promoção dos Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres das Culturas Populares”.

O texto em tramitação define como mestre da cultura a pessoa cuja vida ou obra foi dedicada ao desenvolvimento da cultura tradicional e à transmissão desses saberes. O Conselho Nacional de Política Cultural será o órgão responsável por analisar os pedidos de concessão do título, que só será garantido a quem atender aos seguintes requisitos: comprovar, por depoimentos e documentação, a existência do saber relevante ou do fazer popular tradicional representado pela pessoa ao longo da história; deter a memória indispensável à transmissão do saber ou fazer; atuar no Brasil há pelo menos dez anos.

O PL propõe a certificação como “mestres de saberes e fazeres das culturas populares” e a garantia de bolsas temporárias.

A certificação é de caráter vitalício e pode ser considerada elemento de pontuação diferenciada no caso de seleção de editais públicos e/ou outras formas de acesso ao fomento do Estado.

Já em relação à bolsa, seu objetivo é permitir que o mestre, além de transmitir seus saberes, possa aproximar-se do universo das políticas públicas, podendo atuar também como mediador entre as comunidades e o Estado. A proposta é que ela seja temporária, pois não deve se configurar como aposentadoria ou benefício continuado e que monetariamente, seja equivalente às bolsas de mestrado pagas pelas agências financiadoras no âmbito acadêmico, como CNPQ e Capes.

Em contrapartida, os mestres e mestras reconhecidos pelo programa deverão desenvolver atividades ensejadoras do reconhecimento, principalmente quanto à manutenção da prática e à transmissão de conhecimentos e estar disponível como uma espécie de conselheiro ad hoc do MINC e das Secretarias Estaduais e Municipais nos processos de proposição, implementação e avaliação de políticas culturais.

Foram convidadas para o debate: Célia Corsino, representante do Ministério da Cultura e Diretora do Departamento de Patrimônio Imaterial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, Mestra Doci, representante nacional dos Griôs e Mestres, Marcelo Manzatti, Secretário Executivo da Rede das Culturas Populares e Tradicionais e Marcelo das Histórias, representante do Laboratório de Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Tenho, pois, a grata satisfação de convidar Vossa Senhoria para participar do evento, a realizar-se dia 11 de junho, terça- feira, às 14h, em Plenário a ser definido, no anexo II da Câmara dos Deputados. A participação de Vossa Senhoria é fundamental nesse debate.

 

Agradeço desde já e solicito a confirmação da presença pelos telefones: (61) 32155402, 32153402 com Valéria ou Luciana.

Deputado Federal Edson Santos (PT –RJ)