Reunião Pró-Capoeira 2013

RELATÓRIO REDIGIDO POR MESTRE K.B.LERA

Reunião para o Pró-Capoeira 2013
Realizada em 02/02/213
Local: Sinjusc – Centro – Florianópolis

Mestre Kadu iniciou a reunião dizendo que o mestre Pop comunicou do Rio de Janeiro que a Fundação Palmares havia entrado em contato com ele em 01/01/2013 informando o cancelamento do evento Pró-Capoeira. O motivo foi a Reforma Ministerial. Não há previsão do reinício do projeto, porém o grupo concordou na organização de outro encontro para a discussão e elaboração de propostas para serem encaminhadas aos Poderes Públicos, em todos os níveis, independentemente da realização ou não dos Encontros do Pró-Capoeira. A data escolhida foi 02/03/2013 e o encontro se dará em Itajaí, em local e horário a serem divulgados posteriormente. O tema eleito foi a profissionalização de capoeiristas e as questões que envolvem este processo (leis, previdência, conselho, etc.).
Cada um dos presentes se comprometeu a trabalhar em seus redutos com a organização e levantamento de propostas para o ano de 2013 e com a consequente mobilização (mala direta/ telefone/ redes sociais, etc.) dos educadores de Capoeira catarinenses para se engajarem neste processo.
Foi acordado entre os presentes que novos encontros aconteçam sob a forma de um evento (com troca de informações, palestras, oficinas, festival de cantigas, etc.) realizados em cidades-polo em regiões diversas do Estado, se possível com a chancela de alguma entidade (como a Secretaria Municipal de Educação) que possa emitir um certificado de participação do evento.

Presentes na Reunião:
1. Rosa Cristina Costa (Predadora)
2. Alessandra Koerich de Souza
3. Fernando Bueno (Tuti)
4. Henrique Rettamozo Borges
5. Vandreza Amante Gabriel
6. Paulo Ricardo D. Leal (Dourado)
7. Gian Carlos Rio dos Santos (Latino)
8. Vilmar Silva Farias Jr. (Cavanha)
9. Marcelo Barbosa Cruz (Corcel)
10. Marcelo Stotz (K.B.Lera)
11. Elma Silva Weba
12. Marcos Duarte de Oliveira (Kadu)
13. Paola Vicenzi Franco (Serena)
14. Jô Capoeira
15. Teo
16. Eugênia Rodrigues

PRÓ CAPOEIRA 2013 SANTA CATARINA

Fui informado no sábado pela manhã, pelo coordenador da Fundação Palmares Renato Rasera, que houve uma mudança na diretoria da Fundação Palmares, devido reformas que a Ministra da Cultura Marta Suplicy está fazendo. Sendo assim, o Rasera me informou que não sabe informar qual será o desfecho do Pró Capoeira, pois isso dependerá da posição da nova diretoria a esse respeito. Disse-me ele, que tanto pode ser dado seguimento assim que assumirem, como pode demorar ou mesmo não acontecer. Por fim, informou que em cerca de duas ou três semanas já se terá esta situação ao menos mais esclarecida.

Camaradas, independente da posição da nova gestão da Fundação Palmares, nós enquanto classe trabalhadora da capoeira temos que tomar uma posição política para que não se percam as conquistas políticas obtidas neste governo. Nós temos que continuar discutindo as conquistas realizadas politicamente tais como o tombamento da capoeira como Patrimônio Cultural e suas consequências; os programas do Governo Federal de Incentivo e fomento ao desenvolvimento da capoeira tais como Capoeira Viva e Viva meu Mestre, e agora, a discussão quanto a regulamentação da profissão de capoeirista. É inadmissível que aqueles que trabalham com a capoeira de uma forma ou de outra não participem desta discussão.

Quanto à reunião realizada neste sábado em Florianópolis, mesmo que eu não pudesse estar presente por questões profissionais, me senti muito honrado e feliz em saber dos nomes de pessoas expressivas da capoeira catarinense presentes na mesma e que deram suas contribuições para continuarmos avançando na democratização política da capoeira em nosso estado. Em breve o mestre Kblera, de Brusque, estará socializando maiores informações sobre a reunião, e divulgando local e data da próxima reunião, que será realizada na cidade de Itajaí.

Seremos a vanguarda se com inteligencia e sensibilidade pudermos superar as diferenças ideológicas existentes entre nós, em prol de um objetivo maior que é a capoeira e sermos um Estado de vanguarda nas questões a que se refere a capoeira.

Abraço a todos!

ATÉ ITAJAÍ!

Racionalmente,

Mestre Pop