Fórum da Capoeira de Florianópolis

O movimento de capoeira articulado e organizado coletivamente, tem força suficiente para superar a discriminação histórica pela qual a cultura de resistência negra sofreu e continua sofrendo ao longo dos tempos.

Para tal, convoco os trabalhadores, amantes e simpatizantes da arte capoeira, para se unirem pela construção de um movimento emancipador, plural e democrático, em prol de políticas públicas e direitos sociais para a categoria.

Reunião dia 30/04, sábado, das 9:00, na sede do SINJUSC, sito à Avenida Mauro Ramos, 448, Centro de Florianópolis.

Mestre Pop